Ações

Varejistas operam sem direção única, refletindo desempenho na Black Friday

Atualizado 27/11/2023 às 16:17:59

Papéis de varejistas operam sem direção única nesta 2ªF, refletindo o desempenho de seus respectivos setores na Black Friday, na semana passada.

Ações de empresas ligadas a eletroeletrônicos, como celulares, eletrodomésticos e informática, por exemplo, são pressionadas pela fraca vendagem dessa categoria mais dependente de crédito e com produtos com valores mais elevados no período promocional.

Assim, Magazine Luiza (MGLU3) perdia 1,01%, a R$ 1,97. Já Casas Bahia (BHIA3) operava em estabilidade, a R$ 0,05.

Por outro lado, ativos ligados ao vestuário performam melhor no pregão. Lojas Renner (LREN3) avançava 3,30% (R$ 15,04), figurando entre as maiores altas do Ibovespa. Alpargatas (ALPA4) subia 2,68%, a R$ 9,18.

Veja Também