Minério de ferro

Vale perde fôlego, e metálicas agora operam mistas

Atualizado 10/11/2023 às 11:54:15

O setor de mineração e siderurgia subiu em bloco durante boa parte da manhã, em dia de forte valorização do minério de ferro, mas perdeu o sinal único e aponta arrefecimento nos ganhos da Vale (#VALE3 +0,84%, a R$ 71,08, depois de tocar R$ 71,69 na máxima). CSN Mineração (#CMIN3), que subiu 12,55% só em novembro, opera em baixa de 0,68% (R$ 5,85); seguiam avançando Gerdau (GGBR4 +2,51%, R$ 23,30), Metalúrgica Gerdau (#GOAU4 +1,63%, R$ 11,21) e Usiminas (#USIM5 +0,75%, R$ 6,72). Em Cingapura, o futuro está cotado acima de US$ 127 por tonelada, em alta de 0,50%. Em Dalian, depois da alta de 2,56% na sessão regular, a cotação no pós-mercado sobe mais 1,30% e ultrapassou os US$ 132 por tonelada. (BDM online + agências)

Veja Também