Economia

Tesouro: Dívida Pública Federal (DPF) sobe 1,58% em outubro sobre setembro, para R$ 6,172 trilhões

Atualizado 29/11/2023 às 14:52:33

O Tesouro Nacional informou há pouco que a Dívida Pública Federal (DPF) subiu 1,58% em outubro sobre setembro, para R$ 6,172 trilhões.

A DPMFI aumentou 1,60% na mesma comparação, para R$ 5,928 trilhões. A DPFE teve alta de 1,05%, para R$ 244,32 bilhões.

O impacto dos juros na DPF foi de R$ 50,66 bilhões e as emissões líquidas somaram R$ 45,47 bilhões em outubro. A participação dos estrangeiros na DPMFI subiu para 10,1%. A parcela prefixada da DPF caiu para 25,98%, enquanto a parte corrigida pela inflação recuou para 30,65% em outubro.

A parcela corrigida pela Selic subiu para 39,19% e a parte atrelada ao câmbio caiu para 4,18%. A parcela da DPF a vencer em 12 meses subiu para 20,81%.

O prazo médio da DPF caiu para 4,09 anos. E o custo médio em 12 meses aumentou para 10,86% ao ano. O Tesouro informou ainda que a reserva de liquidez subiu 0,65% em outubro, para R$ 815,6 bilhões.

Veja Também