Juros

Taxas dos DIs sobem após payroll indicar juro alto por mais tempo nos EUA

Atualizado 02/02/2024 às 18:09:24

https://www.bomdiamercado.com.br/wp-content/uploads/2023/11/grafico.jpg

O forte payroll de janeiro e a revisão para cima na criação de empregos em novembro e dezembro nos EUA dispararam os rendimentos dos Treasuries, contaminando os DIs.

Os dados minaram a chance de corte de juros em março nos EUA, algo que Jerome Powell já tinha praticamente descartado na 4ªF. Uma redução em maio pode também ser colocada na berlinda a depender os próximos dados da economia americana.

Por aqui, a produção industrial de dezembro surpreendeu ao subir 1,1% sobre novembro e contrariar a expectativa de queda de 0,5%. Para algumas casas, como XP, Pezco e Kínitro, o dado coloca um viés de ligeira alta para o PIB do 4º trimestre, mas não muda essencialmente o desempenho da economia em 2023.

No fechamento, o DI para Jan25 subiu a 9,965% (de 9,934%). O DI Jan26, a 9,680% (de 9,609%). O Jan27, a 9,835% (de 9,748%); o Jan29, a 10,280% (10,188%); Jan31, a 10,520% (10,429%) e o Jan33, a 10,610% (de 10,531%). (Ana Conceição)

Veja Também