Sem categoria

Reforma tributária deve ser aprovada com folga

Atualizado 06/07/2023 às 20:29:16

O governo deverá conseguir os 308 votos necessários para aprovar a PEC da reforma tributária em dois turnos na Câmara, e ainda terá alguma folga. Há pouco, PL apresentou requerimento para adiar a votação, que foi rejeitado por 357 votos a 133. Mais cedo, Arthur Lira afirmou, em entrevista coletiva ao chegar na Câmara, que quem queria adiar a votação era justamente quem estava contra a proposta.

“Quem quer adiar a votação não vai votar a favor hoje nem em agosto”, afirmou. Ele confirmou que o PL vai orientar contra a reforma, o que representa 99 votos. Há pouco, parte do União Brasil, mais precisamente 37 deputados, também se manifestaram contra a reforma. Fazendo as contas, seriam 136 votos contrários à reforma, muito próximo dos 133 que votaram “sim” pelo requerimento do PL para adiar a votação. (Téo Takar)

Veja Também