Giro dos Mercados

Preocupações com aperto e estagnação prejudicam mercados de ações; cautela apoia alta do dólar

Atualizado 23/06/2023 às 11:47:09

Bolsas caem e dólar sobe com investidores preocupados com as perspectivas de aumentos das taxas de juros em vários países e dados mostrando estagnação da atividade.

O Ibovespa operava há pouco em queda de 0,44% (118.405,76) e ações importantes são penalizadas por baixa das commodities em sessão de feriado na China. Em NY, Dow cede -0,56%; o S&P -0,59% e Nasdaq -0,83%, após Jerome Powell e outros membros do Fed reiterarem sua disposição de domar a inflação.

No câmbio, o dólar aproveita o status de porto seguro e avança de forma generalizada, com o DXY ganhando 0,51%, aos 102,911 pontos. Ante o real sobe a R$ 4,7813 (+0,19%).

Nos Treasuries, os rendimentos estão em queda e aqui os juros acompanham, aguardando a ata do Copom, na 3ªF, após decisão da autoridade em manter a Selic em 13,75%, mas não sinalizar queda em agosto, o que reforça as críticas do governo ao BC. Ontem foi a vez de Geraldo Alckmin, que afirmou que não há nada pior para questão fiscal do que Selic desnecessariamente elevada.

Mais cedo, o IPC-S ficou abaixo do estimado. No exterior, PMIs de países europeus vieram mais fracos, e nos EUA, aquém do esperado. (Ana Katia)

Veja Também