Internacional

Powell descarta especulações de corte de taxas enquanto o Fed se move com cautela

Atualizado 01/12/2023 às 13:20:39

O presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, resistiu às crescentes expectativas de Wall Street de cortes nas taxas de juros no primeiro semestre de 2024, dizendo que o comitê agirá com cautela com os custos dos empréstimos no nível mais alto em 22 anos, mas manterá a opção de aumentar ainda mais.

“Seria prematuro concluir com confiança que alcançámos uma posição suficientemente restritiva, ou especular sobre quando a política poderá relaxar”, disse em Atlanta. “Estamos preparados para apertar ainda mais a política se for apropriado fazê-lo.”

Powell sinalizou que os responsáveis da Fed esperam manter as taxas de juro estáveis quando se reunirem de 12 a 13 de dezembro, dando-lhes mais tempo para avaliar a economia depois de terem aumentado agressivamente as taxas de perto de zero em março de 2022 para acima de 5% em julho.

A desaceleração da economia e a queda da taxa de inflação aumentaram as expectativas entre os investidores de que o banco central poderia começar a cortar as taxas já em março.

“Tendo chegado tão longe tão rapidamente, o FOMC avança com cuidado, à medida que os riscos de aperto insuficiente e excessivo se tornam mais equilibrados”, disse.

O presidente do Fed destacou o progresso recente e descreveu o mercado de trabalho como “muito forte”. (BDM Online + Bloomberg)

Veja Também