Fechamento dos Mercados

Powell azeda os mercados e restringe ganhos no Ibovespa

Atualizado 31/01/2024 às 18:50:51

https://www.bomdiamercado.com.br/wp-content/uploads/2023/12/bolsas-financeiro-ibovespa-graficos.jpg

[31/01/24] Da Redação do Bom Dia Mercado

Jerome Powell causou um momento de alvoroço inicial, mas o humor virou rapidamente após o presidente do Fed dizer que espera mais evidências para confirmar a trajetória “sustentável” de queda da inflação. Além disso, Powell comentou ser improvável que o nível de confiança seja suficiente para cortar as taxas em março.

Mais cedo, o relatório de emprego ADP e o custo trimestral no trabalho no país abaixo do esperado tinham colocado as probabilidades de corte na próxima reunião do Fed em março como maioria. Porém, as declarações da autoridade monetária viraram as apostas, com a manutenção voltando a ser majoritária (62,5%).

Os rendimentos dos Treasuries, que já estavam em queda por causa dos dados, cederam um pouco mais, enquanto o dólar teve leve baixa.

👉🏻 Clique aqui para seguir o Canal do BDM no WhatsApp

Em Nova York, o índice Dow Jones caiu 0,83%, aos 38.149,90 pontos. O S&P 500 recuou 1,61%, aos 4.845,53 pontos. E o Nasdaq caiu 2,23%, aos 15.164,01 pontos. No mês, os índices subiram 1,25%, 1,63% e 1,03%, respectivamente.

Por aqui, as falas de Powell restringiram os ganhos do Ibovespa e levaram a um leve ganho do índice. Destaque para as ações da Arezzo (ARZZ3: +12,09%), e do Grupo Soma (SOMA3: +16,81%), depois que as companhias confirmaram conversas sobre uma potencial fusão.

No Brasil, a taxa de desemprego caiu a 7,4% no último trimestre de 2023, a mais baixa para o período desde 2014. Há pouco, o Copom confirmou as projeções e fez mais um corte na Selic de 0,50 pp, para 11,25%.

No comunicado, os membros do Comitê anteveem redução de mesma magnitude nas próximas reuniões, sinalizando que o BC deve manter o ritmo pelo menos até maio.

O Ibovespa fechou em alta de 0,28%, aos 127.752,28 pontos, com volume de R$ 27 bilhões. O dólar à vista teve queda de 0,16%, a R$ 4,9374. Em janeiro, o índice acumulou baixa de 4,79%, enquanto a moeda subiu 1,73%. (Eduardo Saraiva)

Veja Também