Internacional

PMIs de julho reiteram cenário de contração industrial na Ásia, Europa e EUA

Atualizado 01/08/2023 às 11:56:38

A leitura final dos PMIs industriais de julho nas maiores economias do mundo, encerrada há pouco com o S&P Global e o ISM dos Estados Unidos, mostrou todos abaixo de 50 pontos (em território em contração, onde a maioria já estava), com demanda interna e externa fraca.

Além de pressionar commodities, o cenário põe investidores na expectativa de estímulos governamentais concretos à recuperação da economia chinesa e mão mais leve do BCE nos juros europeus. A rodada final de PMIs de serviços de julho virá entre amanhã à noite (na Ásia) e quinta-feira. (BDM Online+ agências)

Ásia
▪️ O PMI industrial da China em julho pelo Caixin entrou inesperadamente em território de contração (a 49,2 pontos, ante projeção de 50,3), pressionando as commodities globalmente hoje. No Japão, o PMI industrial do Jibun Bak foi revisado para cima (49,6 pontos na leitura final, de 49,4 na prévia), mas com leve recuo ante junho (49,8).

Europa
▪️ Alemanha: indicador caiu de 40,6 pontos em junho para 38,8 em julho, no menor nível desde maio de 2020, como esperado.

▪️ Reino Unido: indicador caiu de 46,5 pontos em junho para 45,3, no menor nível em 7 meses, mas melhor que a projeção.

▪️ Zona do euro: indicador caiu de 43,4 pontos em junho para 42,7 em julho, no menor patamar em 38 meses, como previsto.

EUA
▪️ PMI industrial S&P Global: subiu a 49 pontos em julho, o melhor patamar em três meses, como estimado; em junho, 46,3 pontos.

▪️ PMI industrial/ISM: subiu a 46,4 pontos em julho, no nono mês de contração, abaixo do previsto (46,9), com melhora ante os 46 de junho (o patamar mais baixo em quase três anos).

Veja Também