Petróleo

Petróleo vira e fecha em baixa com atividade global fraca, apesar da pressão de Arábia Saudita e Rússia

Atualizado 03/07/2023 às 16:09:44

O petróleo terminou em baixa nesta 2ªF, pressionado pela rodada de dados fracos de atividade (PMIs) nas principais economias globais em junho. Nos EUA, o PMI industrial medido pela S&P recuou para 46,3 em junho, o que indica contração de atividade. Mais cedo, a commodity chegou a subir, reagindo à notícia de que Arábia Saudita e Rússia anunciaram novos cortes na oferta, na tentativa de segurar os preços em meio ao cenário de queda da demanda mundial.

A Arábia Saudita disse que estenderá seu corte voluntário de um milhão de barris por dia (bpd) por mais um mês, até agosto. Já a Rússia reduzirá suas exportações em 500 mil bpd também em agosto. O Brent para setembro fechou em baixa de 1,01%, a US$ 74,65 por barril, na ICE. O WTI para agosto recuou 1,20%, a US$ 69,79 por barril, na Nymex. (BDM Online + agências)

Veja Também