Petróleo

Petróleo sobe com demanda forte nos EUA e espera impacto do Idalia no golfo do México

Atualizado 30/08/2023 às 07:56:21

O petróleo avança moderadamente, pela terceira sessão consecutiva, sustentado pelo índice dólar DXY abaixo de 104 pontos (-0,02%, a 103,507), pela demanda firme nos EUA demonstrada pelo recuo de estoques semanais de petróleo segundo o API (-11,5 milhões de barris, ante projeção de -2,418 milhões) e a expectativa pela chegada do furacão Idalia ao sudeste dos EUA.

Há pouco, o contrato do Brent para outubro, que vence amanhã, subia 0,63% (US$ 86,03), e o de novembro subia 0,62% (US$ 85,44). O tipo WTI para outubro sustentava os US$ 81 com ganho de 0,70% (US$ 81,73).

O Idalia avançou hoje à categoria 4 e ameaça as operações no golfo do México, que concentra 15% da produção americana de petróleo e 5% da produção de gás natural. Além de indicadores importantes nos EUA e inflação na Alemanha, o mercado espera a leitura de estoques DoE (11h30) e os PMIs de serviços, indústria e composto da China à noite (22h30). (BDM Online + agências)

Veja Também