Petróleo

Petróleo ronda estabilidade preso entre oferta apertada e incerteza sobre a economia

Atualizado 12/07/2023 às 08:10:38

O petróleo oscila perto da estabilidade em um mercado preso entre as expectativas de que os cortes na oferta dos maiores exportadores de combustível do mundo elevarão os preços e as preocupações de que a fraqueza econômica global diminuirá a demanda.

Há pouco o Brent para setembro estava a US$ 79,40 o barril (+0,00%) e o WTI/agosto subia a US$ 74,94 (+0,15%). Dados de inflação dos EUA serão divulgados hoje e podem fornecer pistas sobre as perspectivas das taxas na maior economia do mundo.

Os mercados esperam mais um aumento de juros, mas precificam que o ciclo de alta está chegando ao seu auge. Os estoques americanos aumentaram 3 milhões de barris na semana até 7/7, mostrou o API ontem. Hoje saem os números oficiais.

A AIE espera que o mercado de petróleo permaneça apertado no segundo semestre de 2023, citando a forte demanda da China e dos países em desenvolvimento combinada com cortes na oferta dos principais produtores. (Ana Katia)

Veja Também