Petróleo

Petróleo olha China e sobe mesmo com alta do dólar DXY

Atualizado 31/08/2023 às 07:54:24

As cotações de petróleo devolveram perdas da madrugada e estendem ganhos após cinco sessões consecutivas de alta, mesmo com o avanço expressivo do índice dólar DXY (+0,32%, 103,487), por enfraquecimento do euro.

Entre os fatores altistas aparece a melhor leitura desde março do PMI industrial na China (49,7 pontos em agosto, ainda na zona de contração) — levemente acima da projeção e possível primeiro sinal de efeito de estímulos recentes; o minério de ferro em Dalian saltou 3,54% após o resultado.

Seguem como suportes a especulação de que Arábia Saudita e Rússia estenderão seus cortes de produção em outubro e a firme demanda nos EUA, demonstrada pela redução dos estoques semanais. Antes de nova bateria de dados americanos, o contrato do Brent para novembro avança 0,50% (US$ 85,67), e o WTI para outubro ganha 0,56% (US$ 82,09). (Lucia Boldrini + agências)

Veja Também