Petróleo

Petróleo fecha em queda, mas sobe no mês e no ano

Atualizado 29/09/2023 às 16:01:24

As cotações do petróleo seguiram em correção da alta anotada na quarta-feira, quando dispararam com a notícia da queda dos estoques de óleo bruto nos EUA. Os preços cederam pelo segundo dia hoje, mas no mês e no ano acumulam alta expressiva diante da restrição na oferta global, intensificada pelos cortes da Arábia Saudita e da Rússia. Um cenário que contrabalança a perspectiva de demanda mais fraca por causa da desaceleração da economia da China, maior importador mundial.

Operadores do mercado esperam para ver como será o consumo na Golden Week, longo feriado chinês iniciado hoje, que eleva as viagens internacionais e domésticas. No fechamento, o contrato Brent para dezembro caiu 0,97%, a US$ 92,20 por barril, na ICE. Na semana, subiu 0,26%, no mês, avançou 6,7%. No ano, tem alta de 12,7%. O WTI para novembro caiu 1,00%, a US$ 90,79 por barril, na Nymex. Na semana, subiu 0,84%, no mês, avançou 9,48%. No ano, tem alta de 16,76%. (BDM Online + agências)

Veja Também