Petróleo

Petróleo fecha em forte queda com fraqueza de demanda e gatilhos técnicos

Atualizado 30/10/2023 às 15:53:40

As cotações do petróleo fecharam com queda forte hoje, pressionados por sinais de fraqueza na demanda – como a queda nas margens de refino – e o acionamento de gatilhos técnicos que levaram os preços ainda mais para baixo. Na Nymex, esses gatilhos foram acionados depois que o WTI para dezembro ficou abaixo do suporte de US$ 82 o barril, onde havia uma série de ordens de venda.

No lado da demanda, a Arábia Saudita pode deixar de aumentar o preço do petróleo para seus clientes asiáticos pela primeira vez em seis meses, segundo a Bloomberg, depois de dados terem sinalizado que o consumo chinês continua fraco. O mercado segue monitorando o conflito Israel-Hamas e ameaça de se espalhar na região.

No fim de semana, tanto Irã quanto EUA alertaram que a guerra ainda pode se alastrar. O Irã disse que as medidas de Israel podem “forçar todos a agir”. Hoje, o Banco Mundial alertou que mesmo uma pequena interrupção no fornecimento de petróleo devido à escalada do conflito poderia retirar entre 500 mil e 2 milhões de barris por dia dos mercados globais. Se isso acontecer, os preços poderão subir para entre US$ 93 e US$ 102 o barril.

No fechamento, o contrato Brent para janeiro cai 3,19%, a US$ 86,35 por barril, na ICE. O WTI para dezembro recua 3,77%, a US$ 82,31 por barril, na Nymex. (BDM Online + agências)

Veja Também