Petróleo

Petróleo fecha em alta, de olho em restrição na oferta global

Atualizado 27/07/2023 às 16:00:16

Os futuros do petróleo voltaram a subir hoje, com investidores voltando-se novamente à perspectiva de oferta global mais apertada. A forte alta do dólar ante outras moedas não impediu os ganhos do dia.

As cotações já subiram mais de 10% este mês devido a cortes voluntários na produção da Arábia Saudita e da Rússia, bem como indicações da Opep+ de que pode tomar novas medidas de restrição, se achar necessário.

No maior importador global, a China, as autoridades se comprometeram a intensificar o apoio político para fortalecer a economia, reforçando as perspectivas de maior demanda.

Nos EUA, o PIB do 2TRI23 bem acima do esperado também aponta para um cenário de maior consumo de combustíveis. No fechamento, o Brent para setembro subiu 1,59%, a US$ 84,24 por barril, na ICE. O WTI para setembro avançou 1,66%, a US$ 80,09 o barril, na Nymex. (BDM Online + agências)

Veja Também