Petróleo

Petróleo fecha em alta com impasse sobre trégua em Gaza

Atualizado 30/01/2024 às 16:58:19

https://www.bomdiamercado.com.br/wp-content/uploads/2023/11/petroleo-preco-commodity.jpg

Depois de um respiro ontem, as cotações do petróleo voltaram a subir, em mais um dia de volatilidade marcada enquanto os mercados acompanham os desdobramentos dos conflitos no Oriente Médio.

Hoje, a imprensa internacional reportou que o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, descartou a retirada de exército de Gaza e a soltura dos prisioneiros palestinos, duas demandas centrais do grupo militante Hamas em meio às negociações de um novo cessar-fogo.

Investidores também acompanham se os EUA vão cumprir a promessa de tomar “todas as ações necessárias” contra rebeldes no Mar Vermelho. Do lado da oferta, embora seja improvável que a reunião da Opep+, na 5ªF, traga mudanças na oferta a partir de abril, analistas esperam que ela ainda possa lançar luz sobre os planos de produção do cartel.

Enquanto isso, a Aramco, estatal da Arábia Saudita, disse ter recebido uma diretiva para manter a sua capacidade máxima de produção em 12 milhões de bpd, em vez de aumentá-la para 13 milhões de bpd.

No fechamento, o Brent para abril subiu 0,82%, a US$ 82,50 por barril, na ICE. O WTI para março avançou 1,35%, a US$ 77,82 por barril na Nymex. (BDM Online + agências)

Veja Também