Petróleo

Petróleo fecha em alta com demanda nos EUA e redução de oferta no exterior

Atualizado 18/07/2023 às 15:53:13

Após duas sessões em queda, as cotações do petróleo fecharam com alta forte em meio a dados que mostram aumento de demanda e queda de oferta nos EUA.

Dados do Departamento de Energia do país mostram que a produção de óleo de xisto deve cair a 9,4 milhões de bpd em agosto, primeiro recuo desde dezembro de 2022. Outro dado, da TAC Energy, aponta que apesar de as importações de gasolina pelos EUA em junho terem sido as maiores em quatro anos, os estoques na costa leste são os menores em cinco anos.

A tudo isso se soma a expectativa de redução das exportações da Rússia e o nível do dólar ainda baixo, após a liquidação recente na moeda, apesar da alta moderada nesta 3ªF.

No fechamento, o Brent para setembro subiu 1,43%, a US$ 79,63 por barril, na ICE. O WTI para setembro avançou 2,13%, a US$ 75,66 por barril, na Nymex. (BDM Online + agências)

Veja Também