Petróleo

Petróleo fecha em alta com armadores e petroleiras evitando o Mar Vermelho após ataques

Atualizado 18/12/2023 às 17:36:00

https://www.bomdiamercado.com.br/wp-content/uploads/2023/11/petroleo-1.jpg

As cotações do petróleo fecharam em alta com notícias de ataques de militantes houthis do Iêmen, aliados do Irã, a navios no Mar Vermelho. Esses ataques têm se intensificado e, desta vez, fez com que as petroleiras BP e Equinor decidissem desviar navios desta rota, assim como grandes armadores. Os preços chegaram a subir 4% na sessão.

“A escalada está além do que vimos em qualquer momento”, disse Lars Barstad, CEO do braço de gestão da Frontline Plc, um dos maiores proprietários de navios-tanque do mundo, em entrevista à Bloomberg Television. “Temos medo de que seja apenas uma questão de tempo até vermos um navio que não tem nenhuma relação com Israel ou qualquer parte do conflito que será atacado”, disse.

image 5
Petróleo fecha em alta com armadores e petroleiras evitando o Mar Vermelho após ataques 2

Apesar dos riscos geopolíticos, o petróleo cai mais de 20% em relação ao pico de setembro e cerca de 5% no ano, num contexto de aumento da oferta nos EUA e de ceticismo com os cortes da Opep+.

No fechamento, o Brent para fevereiro subiu 1,83%, a US$ 77,95 por barril, na ICE. O WTI para fevereiro avançou 1,44%, a US$ 72,82 por barril, na Nymex. (BDM Online + agências)

Veja Também