Petróleo

Petróleo fecha com queda em dia de fuga de ativos de risco após o Fed

Atualizado 21/09/2023 às 16:22:11

Após uma sessão volátil, as cotações do petróleo fecharam com queda nesta 5ªF, pressionadas pela postura mais agressiva do Fed, após a decisão de política monetária, ontem. O BC americano não mexeu nos juros, mas indicou que pode elevar a taxa mais uma vez este ano e mantê-la em níveis altos por mais tempo, o que provocou alta no dólar e fuga dos ativos de risco.

O cenário de juros altos por mais tempo afeta outros BCs, como o da Inglaterra e o da zona do euro, o que pode ter implicações negativas sobre a demanda global. O mercado chegou a reagir em alta ao anúncio da Rússia, que suspendeu a partir de hoje as exportações de óleo diesel e gasolina, mas voltou a ceder. A proibição ocorre depois de as exportações de diesel do país terem caído quase um terço nas primeiras duas semanas de setembro.

Segundo analistas, as incertezas que cercam esse anúncio, não se sabe por quanto tempo as vendas estarão suspensas, por exemplo, deixaram o assunto em segundo plano. No fechamento, o Brent para novembro caiu 0,25%, a US$ 93,3 por barril, na ICE. O WTI para o mesmo vencimento cedeu 0,03%, a US$ 89,63 por barril, na Nymex. (BDM Online + agências)

Veja Também