Petróleo

Petróleo acelera alta, mesmo com dólar e deflação na China

Atualizado 11/12/2023 às 15:47:38

Os contratos futuros de petróleo voltam a acelerar alta, depois de flertarem com terreno negativo mais cedo.

A valorização da commodity, que estende os ganhos registrados na última 6ªF, ocorre mesmo com a alta do dólar e a deflação além do esperado da China, maior importadora de petróleo do mundo, que levanta preocupações em relação à demanda.

cat whatsapp bdm v2
Petróleo acelera alta, mesmo com dólar e deflação na China 2

Às 15h40 (de Brasília), o barril do WTI para janeiro subia 0,38%, a US$ 71,50, e o do Brent para fevereiro ganhava 0,46%, a US$ 76,19.

Veja Também