Ibovespa

Petrobras limita perdas do Ibovespa, na contramão do petróleo, mas Vale pesa com minério

Atualizado 26/06/2023 às 11:34:59

Os contratos futuros de petróleo operam em alta, entre as incertezas em relação à Rússia e dúvidas sobre a estagnação global. Petrobras, cujo papel PN (#PETR4) lidera as altas do índice, avançando 1,82% (R$ 30,71), seguida pela ação ON (#PETR3), que tem ganho de 1,68% (R$ 34,47), limita as perdas do índice, em meio à notícia da sua primeira emissão de bônus em dólar desde 2021, com expectativa de que empresa ofereça US$ 1,5 bilhão em notes de 10 anos. Petro Rio (#PRIO3) cai 0,31% (R$ 38,09) enquanto 3R Petroleum (#RRRP3) sobe 0,68% (R$ 31,27).

Os mercados chineses voltaram a funcionar hoje, após feriado. Em Dalian, o minério de ferro fechou em baixa de 0,44% (US$ 110,21 a tonelada). A commodity caía também, há pouco, 0,28% (US$ 108,55) em Cingapura. Por aqui, os papéis do segmento sobem em bloco, com Vale (#VALE3) registram ganho de 0,53% (R$ 66,25) e CSN Mineração (#CMIN3) +0,92% (R$ 4,39). Usiminas (#USIM5) registra desvalorização de 0,55% (R$ 7,27), enquanto CSN (#CSNA3) sobe 2,03% (R$ 13,09); Gerdau (#GGBR4) +0,96% (R$ 25,37) e Metalúrgica Gerdau (#GOAU4) registra ganho de 1,09% (R$ 12,06). (Priscila Arone)

Veja Também