Giro dos Mercados

Petrobras empurra o Ibovespa para os 120 mil pontos, com Powell, arcabouço e Copom no radar

Atualizado 21/06/2023 às 15:05:16

O Ibovespa (+0,66%, aos 120.409) consolida os 120 mil pontos na tarde desta 4ªF, com ajuda de #PETR4 (+4,55%, a R$ 31,96), após os papéis da estatal receberem recomendação de compra pelo Goldman Sachs e pelo Santander. #PRIO3 (+5,70%, a R$ 38,22) também sobe forte, com ajuda do petróleo e a recomendação do Santander, que colocou a ação como top pick do setor. Enquanto aguarda o Copom, depois do fechamento, o mercado monitora Brasília, onde o arcabouço fiscal já passou pela CAE e deve ir à plenário nesta tarde.

Os juros futuros esboçam movimentos modestos, com a ponta curta em leve alta e os longos em baixa. O dólar retomou a trajetória de queda frente ao real (-0,55%, a R$ 4,7698) e aos pares no exterior (DXY -0,41%). Wall Street opera no vermelho (Dow -0,05%, S&P500 -0,32%; Nasdaq -0,92%), pressionado pelas declarações de Powell e seus colegas do Fed.

O presidente do BC americano destacou hoje que a recuperação dos EUA é “de longe a mais forte” em comparação com outros países e que a inflação é alta em todos os lugares. Também afirmou que o Fed “nunca usou a palavra ‘pausa’” para descrever a decisão da reunião deste mês. “O que fizemos foi concordar em manter o juro naquela reunião”, afirmou em audiência na Câmara dos EUA, reiterando que o ciclo de aperto não terminou e que as próximas decisões dependerão dos dados. (Téo Takar)

Veja Também