Ibovespa

Otimismo do exterior e queda do IPCA-15 fazem Ibovespa subir

Atualizado 25/07/2023 às 11:08:44

Um dia depois de fechar no patamar mais alto do ano (aos 21.341,69 pontos), o Ibovespa abriu em alta nesta terça-feira, seguindo o exterior positivo e com o IPCA-15 que recuou 0,07% ante junho. O índice avançava 1,24% há instantes, aos 122 844,86 pontos.

No exterior, a expectativa é pela decisão de política monetária do Fed, amanhã, e pelos balanços das big techs. Em NY, os principais índices operam mistos: Dow Jones: recua 0,04%; Nasdaq: +0,61% e S&P500: +0,17%.

No âmbito interno, o Boletim Focus, que saiu hoje, mostrou que as estimativas do mercado para a inflação no fim deste ano caíram de 4,95% para 4,90%, recuando também para o ano que vem (de 3,92% para 3,90%) e para 2025 (de 3,55% para 3,50%).

Na B3, os papéis do setor bancário, que ontem caíram, sobem. Bradesco ON (#BBDC3) avança 0,54% (R$ 14,92); Bradesco PN (#BBDC4) +0,18% (R$ 16,63); Banco do Brasil (#BBAS3) registra ganho de 0,02% (R$ 47,58) Itaú (#ITUB4) +0,07% (R$ 28,56) e Santander (#SANB11) +0,07% (R$ 29,80).

A maior alta do índice é registrada por CSN (#CSNA3) e, entre as baixas, Prio (#PRIO3) lidera, recuando 1,88% (R$ 45,30) seguindo a baixa do petróleo nos mercados internacionais. (Priscila Arone)

Veja Também