Giro dos Mercados

NY segue em alta após PCE; sem força, Ibovespa cede puxado por Vale

Atualizado 28/07/2023 às 15:07:30

As bolsas seguem em alta em NY, sustentadas pela combinação de inflação mais baixa e avanço da confiança do consumidor nos EUA. O PCE índice de preços preferido pelo Fed, desacelerou de 0,3% em maio para 0,2% em junho.

Além da confiança, os gastos do consumidor também aumentaram, segundo dados divulgados hoje. Tudo somado, a leitura é que a economia dos EUA deve executar um pouso suave, apesar do aperto monetário.

O Dow sobe 0,45%, o S&P 500 avança 0,89%, o Nasdaq tem alta de 1,83%. A desaceleração do PCE influencia uma queda nos juros dos Treasuries e no dólar (DXY -0,10%, a 101,672 pontos).

Por aqui, o Ibovespa está abaixo dos 120 mil pontos (-0,04%, a 119.936,07), com destaque para a #VALE3 (-3,62%), que cai forte após apresentação do balanço trimestral. As metálicas no geral cedem com a queda do minério de ferro na Ásia hoje.

O câmbio segue o exterior (-0,69%, a R$ 4,7261). Os juros futuros estão mistos, mas todos próximos dos ajustes de ontem. A queda maior que a esperada na taxa de desemprego (8% em junho), mostra um mercado de trabalho resiliente e reforça apostas de um corte mais suave (0,25pp) na Selic na semana que vem. Sob essa expectativa, os juros curtos têm tendência de alta, os longos caem ligeiramente. (Ana Conceição)

Veja Também