Giro dos Mercados

NY fecha em alta com desaceleração do PCE de junho; recuo da Vale limita ganhos do Ibovespa

Atualizado 28/07/2023 às 17:41:07

As bolsas em NY fecharam a sessão desta 6ªF em alta, embaladas pela desaceleração do índice de preços de gastos com consumo (PCE) de junho.

O resultado do índice preferido do Fed aumentou as apostas para uma pausa no aperto monetário nos EUA. Isso é particularmente benéfico para as techs e o Nasdaq liderou os ganhos ao subir 1,90%, aos 14.316,66 pontos. Meta e Tesla avançaram mais de 4%, Intel subiu 6,5%. O Dow Jones avançou 0,50%, aos 35.459,29 pontos.

O S&P500 ganhou 0,99%, aos 4.582,23 pontos. Na semana, os índices acumularam ganhos de, respectivamente, 2,02%, 0,66% e 1,01%. A desaceleração do PCE fez os retornos dos Treasuries recuar. O juro do T-bond de 30 anos caiu a 4,020%, de 4,0442%, ontem. O da T-note de 2 anos recuou a 4,874% de 4,928%, o da T-note de 5 anos cedeu a 4,1774%, de 4,2404%, e o da T-note de 10 anos caiu a 3,958%, de 4,0022%.

Por aqui, o Ibovespa chegou a oscilar negativamente, mas firmou-se no campo positivo, com ganhos limitados pelo forte recuo da Vale. O índice fechou com leve alta de 0,16%, aos 120.187,11 pontos. Na semana, o Ibovespa caiu 0,02%. O volume financeiro somou apenas R$ 19,0 bilhões. (Igor Giannasi)

Veja Também