Juros

NY amplia alta e yields dos Treasuries recuam mais após inflação desacelerar

Atualizado 14/11/2023 às 10:52:33

[14/11/23] Da Redação do Bom Dia Mercado

A inflação nos EUA esfriou em outubro, um sinal encorajador para o Fed no seu longo caminho para controlar as pressões sobre os preços. O núcleo do CPI subiu 0,2% em relação a setembro. Os economistas preferem o indicador central como um melhor indicador da inflação subjacente do que o CPI global. Apesar de alguns solavancos nos últimos meses, a inflação estabilizou desde a máxima no ano passado.

Isso levou vários decisores políticos do Fed a sinalizarem que podem parar de aumentar as taxas de juro, mas o presidente Jerome Powell sublinhou repetidamente que o BC poderia aumentar novamente se necessário. Os futuros de ações ampliaram alta (Dow +0,95%; S&P +1,25%; Nasdaq +1,60%) e os rendimentos do Tesouro caíram significativamente (o da Note de 2 anos a 4,87610%; o da Note de 10 anos a 4,47950%) após o dado, uma vez que os comerciantes avaliaram uma probabilidade menor de outro aumento das taxas em dezembro.(99,7% pela manutenção). Também aumentaram as apostas sobre início dos cortes (46,6% em maio), de junho antes do relatório. (Ana Katia + agências)

Veja Também