Empresas

MRV e aéreas têm as piores perdas do Ibovespa

Atualizado 18/10/2023 às 12:35:47

A construtora MRV lidera as baixas desde a abertura (#MRVE -8,34%, R$ 8,46), depois da recepção mista à sua prévia operacional, mas o setor cai em bloco; em outra faixa de mercado, Cyrela (#CYRE3) recuava 3,53% (R$ 18,02). As aéreas (#GOLL4 -7,27%, R$ 0,51; #AZUL4 -6,14%) vêm a seguir, pressionadas por petróleo alto e dólar caro. A dificuldade do setor não se restringe ao Brasil: há pouco, em Nova York, a United Airlines (#UAL) caía 8,53% após alertar que combustível mais caro e suspensão de seus voos para Tel Aviv vão derrubar lucros no 4TRI.

Veja Também