Juros

Juros sobem, na esteira do avanço dos Treasuries

Atualizado 08/12/2023 às 18:25:21

As taxas dos DIs subiram nesta 6ªF, pressionadas pela disparada dos retornos dos Treasuries depois que o payroll de novembro veio acima do esperado e, a taxa de desemprego, abaixo das projeções.

O forte mercado de trabalho americano empurrou as expectativas de corte de juros pelo Fed de março para maio, segundo o monitoramento do CME Group.

cat whatsapp bdm v2
Juros sobem, na esteira do avanço dos Treasuries 2

Lá fora, o juro da T-note de 2 anos avançou 0,16pp na máxima do dia, enquanto o da note de 10 anos chegou a subir 0,13pp. Analistas não esperam alta de juros depois desses números, mas avaliam que a barra aumentou para um corte. Assim, o Fed deve manter um discurso cauteloso na reunião de 4ªF, sem descartar a possibilidade de mais um aperto, se necessário.

Por aqui, as expectativas são de mais um corte de 0,50pp na Selic, a 11,75%, também na 4ªF. Um dia antes, sai o IPCA de novembro, que deve subir a 0,29%, de 0,24% em outubro, puxado por alimentos in natura. A média dos núcleos, contudo, deve desacelerar de 0,26% para 0,20%, de acordo com pesquisa do Broadcast.

No fechamento, o DI para jan/25 subiu a 10,345% (de 10,300%, ontem); o jan/26 avançou a 10,010% (9,938%); jan/27, subiu a 10,110% (10,057%); jan/29, a 10,530% (10,497%). O jan/31, a 10,790% (10,742%); e o Jan/33, a 10,900% (10,859%). (Ana Conceição)

Veja Também