Juros

Juros futuros fecham em baixa forte, com bom humor doméstico e Treasuries

Atualizado 26/10/2023 às 18:13:43

[26/10/23] Da Redação do Bom Dia Mercado

As taxas dos DIs fecharam com queda expressiva num dia de bom humor com os ativos domésticos em meio ao avanço da pauta econômica no Congresso e da boa abertura do IPCA-15. Os yields dos Treasuries derreteram, o que também ajudou.

Depois da apresentação da reforma tributária no Senado e da votação do PL dos fundos na Câmara, a expectativa agora é pela votação do PL das bets e o PL das subvenções nas próximas semanas. O IPCA-15 de outubro veio dentro do esperado (0,21%), mas com surpresa positiva em núcleos e serviços subjacentes, pontos que têm sido olhados com mais atenção pelo Copom, que se reúne na próxima semana.

Nos EUA, a queda dos retornos dos Treasuries foi capitaneada por uma forte desaceleração no núcleo do PCE trimestral, o que deixou em segundo plano o PIB do 3º trimestre mais forte que o esperado. A demanda acima da média num leilão de T-notes de 7 anos completou o combo de fatores que derrubou as taxas dos títulos americanos em torno de 0,10pp.

No fechamento, o contrato DI para jan/24 ficou em 12,096% (de 12,099%, ontem); o jan/25 caiu a 10,805% (de 10,923%); o jan/26, a 10,590% (de 10,802%). O jan/27 cedeu a 10,755% (de 10,997%); o jan/29, a 11,170% (de 11,438%). O jan/31 caiu a 11,400% (de 11,658%). (Ana Conceição)

Veja Também