Juros

Juros futuros fecham em alta com piora do cenário fiscal

Atualizado 30/08/2023 às 18:08:47

Os juros futuros fecharam em alta com uma percepção de piora no cenário fiscal, após o resultado primário ruim do governo central em julho e as declarações de Simone Tebet (Planejamento) sobre pontos importantes do PLOA 2024.

O projeto que será enviado amanhã ao Congresso prevê que serão necessários R$ 168 bilhões para fechar a conta do déficit zero. Em audiência na Comissão Mista de Orçamento (CMO), a ministra afirmou que deve haver receita suficiente para zerar o déficit no ano que vem, mas que “o futuro a Deus pertence”. Depois, já no fim da tarde, disse que o governo vai “discutir no Congresso, situação e oposição, se vamos ou não cumprir a meta zero”.

Perto do fechamento, o mercado estressou e as taxas dos DIs foram às máximas do dia e ajustaram perto delas. A exceção foi o contrato de DI para jan/24, que teve leve queda a 12,380% (de 12,384%, ontem); o jan/25 avançou a 10,495% (de 10,461%); o jan/26, a 10,060% (de 9,983%). O jan/27 subiu a 10,215% (de 10,114%); jan/29, a 10,690% (de 10,570%); e o jan/31, a 10,970% (de 10,855%). (Ana Conceição)

Veja Também