Juros

Juros fecham em ligeira queda, com IPCA e CPI sem sustos

Atualizado 12/03/2024 às 18:16:47

https://www.bomdiamercado.com.br/wp-content/uploads/2023/11/bolsa-grafico.jpg

As taxas dos DIs fecharam com pequena queda na B3, num dia de IPCA acima do esperado, mas com uma composição melhor do indicador.

Nos EUA, o CPI cheio veio dentro do esperado e o núcleo um pouco acima, pressionando os retornos dos Treasuries.

Aqui e lá fora os dados não alteraram as perspectivas de política monetária, de cortes de 0,50pp na Selic e início de flexibilização dos fed funds em junho.

Para o Itaú Unibanco, apesar do resultado (0,83%) ligeiramente acima do previsto (0,78%), o IPCA fevereiro mostrou um qualitativo melhor do que o esperado, com surpresa baixista em serviços subjacentes e industriais subjacentes. Para o BofA, o dado reforça a expectativa de Selic a 9,5% no fim do ciclo, em julho.

No boletim Focus, a mediana do IPCA para 2024 subiu de 3,76% para 3,77%. Para 2025 seguiu em 3,51%. As medidas para a Selic ficaram em 9% e 8,5%, respectivamente.

No fechamento, o DI para Jan25 caiu a 9,835% (de 9,867%, ontem). O DI Jan26, a 9,650% (de 9,705%). O Jan27, a 9,885% (de 9,935%); o Jan29, a 10,375% (de 10,403%), o Jan31, a 10,620% (de 10,648%). O Jan33, a 10,730% (de 10,758%). (Ana Conceição)

Veja Também