Juros

Juros fecham com queda com dados fracos nos EUA e Fed

Atualizado 31/01/2024 às 18:13:06

https://www.bomdiamercado.com.br/wp-content/uploads/2023/11/grafico6.png

As taxas dos DIs fecharam com queda, após dados mais fracos do que o esperado nos EUA (ADP e custos salariais) e declarações do presidente do Fed, Jerome Powell, de que o BC americano deve cortar o juro em algum momento neste ano.

Os rendimentos dos Treasuries, que já estavam em queda por causa dos dados, cederam um pouco mais, embora depois tenham saído das mínimas com Powell dizendo que março é muito cedo para iniciar a flexibilização monetária.

O Fed manteve os juros entre 5,25% e 5,50% hoje. O mesmo movimento foi visto aqui, com as taxas fechando com uma queda menos intensa.

No Brasil, a taxa de desemprego caiu a 7,4% no último trimestre de 2023, a mais baixa para o período desde 2014, mostrando que o mercado de trabalho segue apertado, uma questão para o Copom, que divulga decisão e comunicado logo mais.

No fechamento, o DI para Jan25 ficou estável em 9,985%. O DI Jan26 caiu a 9,660% (de 9,695%). O Jan27, a 9,790% (de 9,865%); o Jan29, a 10,235% (10,320%); Jan31, a 10,470% (10,600%). (Ana Conceição)

Veja Também