Ibovespa

Ibovespa tem apetite por risco e busca os 120 mil após IPCA; Bradesco e Petrobras atrapalham

Atualizado 10/11/2023 às 11:15:34

[10/11/23] Da Redação do Bom Dia Mercado

O Ibovespa renovou o apetite por risco e tem maioria de ações em alta (+0,85%, aos 120.048,27) após o IPCA de outubro abaixo da projeção, que derruba os juros na curva DI. A variável que impede a retomada firme dos 120 mil são as quedas de Petrobras e especialmente do Bradesco após balanço; junto com Santander, o banco destoa das altas dos pares. As commodities em alta puxam as metálicas em bloco, assim como as petroleiras independentes, e trazem fluxo, ajudando a derrubar o dólar. O exterior também ajuda: o pré-mercado de Nova York acelera as altas (Dow Jones +0,39%, S&P +0,40%, S&P 500 +0,35%) com queda nos juros dos Treasuries, um dia após o estresse com a mensagem hawkish de Jerome Powell.

👉🏻 Veja os principais papéis

Blue chips
▪️Vale (#VALE3) +1,16% (R$ 71,29)
▪️Petrobras PN (#PETR4) -0,11% (R$ 34,83)
▪️ Bradesco PN (#BBDC4) -2,49% (R$ 14,88)
▪️Itaú (#ITUB4) +0,82% (R$ 29,48)

Maiores altas
▪️ Casas Bahia (#BHIA3) +6,00% (R$ 0,53)
▪️ BRF (#BRFS3) +5,70% (R$ 12,24)
▪️ Yduqs (#YDUQ3) +5,61% (R$ 20,15)
▪️ Magalu (#MGLU3) +5,26% (R$ 1,80)
▪️ Azul (#AZUL4) +5,19% (R$ 15,41)

Maiores baixas
▪️ Braskem (#BRKM5) -3,05% (R$ 19,37)
▪️ Bradesco PN (#BBDC4) -2,49% (R$ 14,88)
▪️ Bradesco ON (#BBDC34) -1,93% (R$ 13,22)
▪️ São Martinho (#SMTO3) -1,72% (R$ 33,76)
▪️ Totvs (#TOTS3) -1,32% (R$ 30,58)

Veja Também