Ibovespa

Ibovespa segue exterior e recua; Vale se destaca entre perdas, enquanto frigoríficos lideram altas

Atualizado 20/06/2023 às 18:03:47

Na véspera da decisão do Copom, o Ibovespa seguiu a tendência externa e fechou em baixa de 0,20%, aos 119.622,40 pontos. O volume financeiro somou R$ 25,3 bilhões, um pouco abaixo da média diária de maio, que foi de R$ 27,101 bilhões.

A queda do minério de ferro, em reação aos estímulos à economia chinesa aquém do esperado, afetou o desempenho das metálicas na sessão desta 3ªF no Ibovespa, em especial #VALE3, que se destacou entre as maiores perdas do índice. O papel da mineradora recuou 2,58%, a R$ 67,61. O ranking negativo foi liderado por #EMBR3, com -4,65%, a R$ 19,26. A empresa anunciou diversos acordos ao participar da Paris Air Show, mas sem a entrada de novos pedidos firmes na carteira. #BRKM5 também figurou na lista negativa, cedendo 2,91%, a R$ 30,05.

O pregão foi favorável para o setor de frigoríficos, na esteira do anúncio de que a #JBSS3 vai pagar R$ 2,218 bilhões em dividendos intermediários, o que não era esperado pelo mercado. O papel da companhia subiu 4,15% (R$ 19,34). #MRFG3 ganhou 3,48%, a R$ 7,74. Na liderança entre as maiores altas do Ibovespa, #BRFS3 avançou 4,86% (R$ 9,70). Já #BEEF3, com maior exposição à China do que seus pares, desvalorizou 1,67%, a R$ 11,20. Ainda se destacam no campo positivo #RAIZ4 (+4,53%; R$ 4,15), após a notícia de que governo federal está estudando aumentar o índice de etanol na gasolina de 27% para 30%, e #EGIE3 (+4,28%; R$ 47,02).

Os principais bancos fecharam mistos. #BBDC3 teve ganho de 0,13% (R$ 14,86) e #BBDC4 teve elevação de 0,23% (R$ 17,29). #ITUB4 registrou -0,17% (R$ 28,76), #SANB11, -0,10% (R$ 30,94) e #BBAS3, -0,02% (R$ 50,40). Com leves ganhos, mesmo com o recuo do petróleo, #PETR3 fechou com +0,26%, a R$ 34,31, e #PETR4, com +0,49%, a R$ 30,57. (Igor Giannasi)

Veja Também