Sem categoria

Ibovespa se estabiliza e dólar recua, pesando sobre os juros; ponta curta sobe com IBC-Br

Atualizado 17/04/2024 às 12:20:14

https://www.bomdiamercado.com.br/wp-content/uploads/2023/11/ibovespa-1.png

[17/04/24] Da Redação do Bom Dia Mercado

O Ibovespa é estável (-0,07%), com viés negativo, a 124 mil pontos (124.301,12) e tem sua queda limitada pela alta de mais de 2% de Vale, na esteira do desempenho do minério na China hoje, enquanto Petrobras pesa com petróleo.

NY abriu em alta, mas perdeu fôlego na primeira hora de negociação (Dow -0,02%; S&P +0,01% e Nasdaq -0,12%), com os mercados avaliando o cenário de taxas mais elevadas durante mais tempo. No CME, setembro é a aposta do mercado para o início dos cortes de juros nos EUA (45,6%), mas a chance de o BC cortar juros duas vezes este ano ainda prevalece.

Os rendimentos do Tesouro cedem hoje. Os de 2 anos caem 4 pb, a 4,94%, depois de ultrapassarem brevemente os 5% na semana. Os investidores também ficarão de olho na capacidade do mercado de absorver uma venda de títulos do Tesouro de 20 anos no valor de US$ 13 bilhões, antes do Livro Bege à tarde.

O dólar é fraco no exterior (DXY -0,04%), acima dos 106 pontos (106,216) e, aqui, desce a R$ 5,2350 (-0,76%). Em meio à incerteza geopolítica e o fiscal doméstico, os juros acompanham os yields dos Treasuries e a moeda,, mas a ponta curta sobe puxada pelo IBC-Br de fevereiro (0,40%) acima da projeção (0,30%). O DI Jan/25 sobe a 10,325, de 10,280. (Ana Katia)

Veja Também