Giro dos Mercados

Ibovespa recupera os 129 mil pontos com balanços e alívio fiscal; NY opera de lado

Atualizado 07/05/2024 às 15:15:46

https://www.bomdiamercado.com.br/wp-content/uploads/2024/05/grafico-bolsas-cotacoes.jpg

[07/05/24] Da Redação do Bom Dia Mercado

O Ibovespa consolida os 129 mil pontos (+0,77%, a 129.459) e tira o atraso dos últimos dias em relação aos mercados americanos, com os investidores menos preocupados com o risco fiscal. O governo sinalizou que irá ajudar o Rio Grande do Sul sem desrespeitar as regras fiscais e com maior controle das despesas.

O mercado concentra as atenções na safra de balanços, com destaque para os resultados do Itaú (+2,04%), além de notícias corporativas, como a oferta da Suzano (-11,05%) pela IP.

O dólar à vista recua 0,06%, a R$ 5,0713 e os juros futuros devolvem até 10 pb no miolo da curva, com o mercado de olho na decisão do Copom desta 4ªF.

Em NY, as bolsas seguem de lado (Dow +0,06%; S&P500 +0,11%; Nasdaq -0,04%), em uma sessão de agenda fraca, com notícias corporativas dando o tom dos negócios.

O mercado também monitorou as declarações do presidente do Fed de Minneapolis, Neel Kashkari, que não vota no Fomc neste ano. Ele não descartou a possibilidade de os juros voltarem a subir, mas considera que o cenário mais provável é que as taxas fiquem estáveis por mais tempo. Para ele, o Fed precisa ser “paciente” para avaliar todos os indicadores.

(Téo Takar)

Veja Também