Ibovespa

Ibovespa recua na contramão de NY

Atualizado 15/05/2024 às 12:06:42

https://www.bomdiamercado.com.br/wp-content/uploads/2024/05/b3-5.jpg

[15/05/24] Da Redação do Bom Dia Mercado

Demissão de Jean-Paul Prates da Petrobras somada à baixa do petróleo derrubam o Ibovespa a 127.604,86 (-0,71%), com Vale também em queda (-1,13%).

O índice ignora alta de NY após CPI mostrar arrefecimento da inflação americana, a primeira em seis meses, e o varejo apontar consumo mais fraco.

Em Wall Street, Dow Jones sobe +0,49%; S&P (+0,67%) e Nasdaq (+0,78%) renovaram recorde intradiário histórico aos 5.279,26 e 16.628,18 pontos, respectivamente.

O dólar segue na contramão do exterior. A moeda avança 0,19% ante o real, a R$ 5,14,com mínima de R$ 5,1303, enquanto cai ante pares e emergentes. O DXY recua aos 104,597 (-0,40%).

Mesmo com a baixa generalizada do dólar, o petróleo cede 0,70%. Aqui, os juros futuros oscilam entre as incertezas domésticas, a alta do dólar e os rendimentos dos Treasuries derrubados pelos dados americanos.

O retorno da Note de 10 anos bateu o nível mais baixo em mais de um mês (4,34% na mínima), aumentando as expectativas de que o Fed reduza as taxas de juros este ano. As chances maiores são de corte de juros até setembro. (Ana Katia)

Veja Também