Sem categoria

Ibovespa passa por correção; varejistas se destacam entre as maiores perdas

Atualizado 10/07/2023 às 18:03:38

O Ibovespa passou por um movimento de correção, depois das aprovações da reforma tributária e do voto de qualidade do Carf na semana passada. O índice fechou em baixa de 0,80%, aos 117.942,44 pontos. O volume financeiro somou apenas R$ 17,9 bilhões.

As ações de varejistas ficaram entre os destaques negativos da sessão, movimento influenciado pela alta dos juros futuros. A maior desvalorização do dia foi de #LREN3, que recuou 6,46%, a R$ 19,10. Em seguida no ranking, #MGLU3 perdeu 4,09% (R$ 3,05) e #VIIA3 cedeu 3,77% (R$ 2,04). No setor, ainda figuraram na lista #ALPA4, com -2,61%, a R$ 8,96, e #SOMA3, com -2,50%, a R$ 11,72. Os principais bancos também fecharam no campo negativo: #BBAS3 (-1,84%; R$ 49,04), #ITUB4 (-0,65%; R$ 28,95) e #SANB11 (-0,30%; R$ 29,73). As exceções foram #BBDC3, que avançou 0,07%, a R$ 14,51, e #BBDC4, que subiu 0,06%, a R$ 16,29.

Acompanhando a queda do minério de ferro, #VALE3 recuou 1,53% (R$ 64,46). Já #PETR3 ficou estável, a R$ 33,13, e #PETR4 teve leve alta de 0,17%, a R$ 29,55. O pregão foi de poucos e contidos ganhos. O desempenho da #AZUL4 se sobressaiu, com alta de 3,11%, a R$ 19,92, em uma tentativa de recuperação das perdas recentes. #ABEV3 registrou +1,08% (R$ 15,01) e #RAIZ4, +0,95% (R$ 4,24). (Igor Giannasi)

Veja Também