Ibovespa

Ibovespa ignora payroll e sobe com aprovação de reforma tributária

Atualizado 07/07/2023 às 10:49:58

O último pregão da semana começa com a boa nova da aprovação do texto-base da reforma tributária, que passou com folga na Câmara. Antes da abertura dos negócios, o esperado payroll norte-americano mostrou a criação de 209 mil empregos em junho, ante expectativa de 225 mil, dado ainda insuficiente para que os mercados globais considerem a possibilidade de o Fed abandonar novo aperto de juros em sua próxima reunião de política monetária.

O Ibovespa, que abriu em alta, avança agora 1,20%, aos 118.829,72 pontos, enquanto em NY, os principais índices oscilam ao redor da estabilidade, refletindo a perspectiva de que o BC dos EUA ainda manterá sua política monetária hawkish, pelo menos no curto prazo.

Na B3, os bancos buscam recuperação, após as quedas expressivas da véspera. Bradesco ON (#BBDC3) sobe 1,46% (R$ 14,56); Bradesco PN (#BBDC4) +1,55% (R$ 16,42); Banco do Brasil (#BBAS3) +1,92% (R$ 46,95); Itaú (#ITUB4) registra valorização de 2,03% (R$ 29,18) e Santander (#SANB11) +1,41% (R$ 30,11). Na liderança das altas do índice, 3R Petroleum (#RRRP3) avança 7% (R$ 32,24) depois de informa alta de 64,4% na produção média diária de junho ante maio. Já Eneva Telefônica (#VIVT3) tem o pior desempenho do índice, com perda de 0,59% (R$ 42,15). (Priscila Arone)

Veja Também