Ibovespa

Ibovespa cai após IPCA e na contramão de NY

Atualizado 11/07/2023 às 11:01:00

O IPCA de junho, divulgado antes da abertura dos negócios, baliza os negócios do Ibovespa nesta manhã de terça-feira. O índice de inflação recuou 0,08% no sexto mês do ano ante maio, 0,31 pp abaixo da alta de 0,23% do mês anterior. A expectativa era de queda um pouco maior, de 0,10%. Com o resultado, o mercado começa a fazer as contas sobre como será o corte da Selic na próxima reunião do Copom.

O Ibovespa recua 1,78%, aos 115.843,91 pontos, na direção oposta da maior parte dos índices de Wall Street (Dow Jones: +0,36 ; Nasdaq: -0,04% e S&P500: +0,13%) , onde o mercado está em contagem regressiva também por dois índices de inflação, o CPI de junho, que sai amanhã, e o PPI, que será divulgado na quinta e também devem dar pistas sobre o que o Fed fará em termos de política monetária.

O setor bancário cai em bloco, depois das perdas quase uniformes da véspera. Bradesco ON (#BBDC3) recua 2,07% (R$ 14,21); Bradesco PN (#BBDC4) -1,90% (R$ 15,98); Banco do Brasil (#BBAS3) perde 2,06% (R$ 48,03); Itaú (#ITUB4) perda % (R$) -2,83% (R$ 28,13) e Santander (#SANB11) cai 1,88% (R$ 29,17). Gol (#GOLL4) registra o pior desempenho do índice, em queda de 8,18% (R$ 10,78). (Priscila Arone)

Veja Também