Giro dos Mercados

Ibovespa avança com cenário doméstico, enquanto NY é instável diante da expectativa de mais aperto

Atualizado 29/06/2023 às 12:57:09

O Ibovespa avança aos 117.544,43 pontos (+0,74%) após o IGP-M e o RTI entregarem sinais de desinflação, renovando apostas em corte da Selic em agosto, com o investidor de olho na coletiva de RCN nesta manhã.

Em NY, as bolsas estão de lado (Dow +0,44%; S&P +0,08% e Nasdaq -0,23%) também com o aperto monetário no radar, mas com a certeza de mais altas de juros, 25 pb em julho, segundo precifica o mercado, após falas nesse sentido dos mais importantes banqueiros centrais do mundo.

Teste de estresse do Fed aprovou 23 bancos americanos e é esperado que eles anunciem seus planos de recomprar ações e pagar dividendos após o fechamento de amanhã.

Mais cedo, leitura do PIB americano veio mais forte do que o esperado, enquanto os pedidos iniciais de auxílio-desemprego ficaram ligeiramente abaixo do consenso. Esses dados reforçaram as especulações de dois aumentos nas taxas no ano, elevando o dólar globalmente e os rendimentos dos Treasuries.

Aqui, a moeda e os juros futuros se alinham ao exterior. Há pouco o dólar subia a R$ 4,8678 (+0,41%), enquanto o DXY ganhava 0,30%, a 103,218 pontos. . Nos Treasuries, o retorno da Note de 2 anos vai a 4,869%, de 4,711%; e o da Note de 10 anos a 3,847%, de 3,709%. (Ana Katia)

Veja Também