Economia

Governo corta projeção de alta do PIB para 3% em 2023 e 2,2% em 2024

Atualizado 21/11/2023 às 15:15:10

https://www.bomdiamercado.com.br/wp-content/uploads/2023/11/logo-lite-post.png

O governo revisou para baixo a projeção de alta do Produto Interno Bruto (PIB) de 3,2% para 3% em 2023, conforme mostrou nesta 3ªF o Boletim MacroFiscal da Secretária de Política Econômica, do Ministério da Fazenda. Além disso, o PIB de 2024 também sofreu corte para alta de 2,2%, de 2,3% do boletim anterior.

Segundo Guilherme Mello, secretário de Política Econômica da Fazenda, projeções para o PIB no Brasil estão razoavelmente estáveis.

O secretário também afirmou que a conjuntura externo segue complexa e incertezas estão aumento, principalmente sobre inflação das economias centrais, preços do petróleo e mercado imobiliário na China. Apesar disso, ele afirmou que o Brasil é um dos mais resilientes a turbulências externas ante pares.

A Fazenda também revisou o IPCA deste ano para baixo, de 4,85% para 4,66%. Em 2024, porém, a projeção para a inflação brasileira subiu para 3,55%, de 3,40%. Mello lembrou que o país está mais avançado no combate à inflação e com a política monetária em processo de flexibilização.

O secretário de Política Econômica também comentou sobre a questão da meta de déficit primário e disse que objetivo de zerar não é “capricho de ninguém”. “Entendemos que esse objetivo é possível, para o qual contamos com a parceria do Congresso e do Judiciário”, afirmou.

Veja Também