Nova York

Gigantes da tecnologia levantam S&P e Nasdaq à medida que a euforia da IA ​​aumenta

Atualizado 07/12/2023 às 13:02:20

Recuperação nas megacapitalizações estimula ações, devido à especulação de que o boom da inteligência artificial continuará a alimentar os ganhos do mercado. O Nasdaq 100 tem desempenho superior (1,14%), com a Alphabet saltando 5% um dia depois de o Google ter lançado o Gemini, o “maior e mais capaz modelo de IA” que a empresa já construiu.

O S&P 500 interrompe queda de três dias e sobe +0,70%, bem acima de Dow (+0,10%), embora os investidores se abstenham de se comprometer com posições fortes antes do payroll, fundamental na definição das apostas do Fed.

O catalisador para cortes mais substanciais nas taxas para trazer a política para o território acomodatício seria a perda de empregos, “geralmente associada à recessão”, diz Jeff Schulze da ClearBridge Investments. “Independentemente de quando ocorre o primeiro corte, a pausa é um período favorável para as ações”, afirma.

Os rendimentos dos títulos do Tesouro subiram na avaliação de que as apostas de cortes estão exageradas. A indicação do BoJ fez com que o iene japonês subisse quase 2%, ao mesmo tempo que elevou rendimentos em todo o mundo. (BDM Online + Bloomberg)

Veja Também