Economia

Geração de empregos nos EUA em janeiro supera expectativas e chega a 353 mil

Atualizado 02/02/2024 às 11:07:07

https://www.bomdiamercado.com.br/wp-content/uploads/2023/11/estados-unidos-eua-bandeira.jpg

Os EUA criaram 353 mil postos de trabalho no primeiro mês de 2024, informou o Departamento do Trabalho norte-americano, número muito maior do que a previsão, que era de 180 mim novas vagas. Em dezembro, haviam sido criados 333 mil postos de trabalho no país (número revisado de 216 mil). A taxa de desemprego ficou em 3,7%, um pouco abaixo da expectativa de 3,8%, enquanto o salário médio por hora subiu 0,6% em janeiro – de 0,4% em dezembro – também acima da previsão, que era de +0,3%.

ESPERAR PARA VER. Os rendimentos dos títulos dispararam, com os das Notes de dois anos, mais sensíveis às medidas iminentes do BC, subindo mais de 15 pontos, há pouco em 4,38%, de 4,20%, puxando o dólar. Os futuros de NY também reduziram os ganhos depois que o payroll veio muito acima do estimado e reforçou a defesa do presidente do Fed, Jerome Powell, de ‘esperar para ver’. Os dois meses anteriores foram revisados para cima, mostrando que o mercado de trabalho estava até mesmo muito mais forte do que se pensava. As contratações ganharam um ritmo robusto em janeiro, com aumento de salário acima do consenso, atestando mercado de trabalho resiliente que deverá apoiar o crescimento e afastar as esperanças de cortes de juros antecipados. A taxa de desemprego não subiu como esperado. Como resultado, as apostas em cortes de juros em março caíram para pouco abaixo de 20% no CME; em maio está em 62%. (Ana Katia)

Veja Também