Nova York

Futuros de NY disparam

Atualizado 15/05/2024 às 10:13:54

https://www.bomdiamercado.com.br/wp-content/uploads/2024/02/wall-street-2-1.jpg

[15/05/24] Da Redação do Bom Dia Mercado

O CPI central de abril dos EUA subiu 0,3%, em linha com as estimativas, enquanto, na base anual, subiu +3,6%, também no consenso, de +3,8%, sendo a taxa mais baixa em três anos.

O resultado faz os futuros de NY dispararem (Dow +0,36%; S&P +0,47%, Nasdaq +0,42%), enquanto os rendimentos do Tesouro americano de dois anos, mais sensíveis aos movimentos do Fed, chegaram a cair oito pontos base, a 4,71% na mínima (há pouco em 4,72%, de 4,80%).

O dólar também perdeu força. O DXY cede 0,45% (104,539). Os números sinalizam que, embora a taxa ainda esteja distante da meta de 2%, a inflação perde força. O alívio se deve também à desaceleração significativa das vendas no varejo, estável (0,00%) ante projeção de alta de 0,4%, de +0,6% no mês anterior (revisado de +0,7%).

No CME, as chances de que o primeiro corte de juros nos EUA aconteça em setembro sobe a 51,4%, de 50,5%. O mercado passa a precificar dois cortes nas taxas para 2024. (Ana Katia)

Veja Também