Sem categoria

Fed eleva juro a 5,5% e sinaliza pausa em setembro

Atualizado 26/07/2023 às 15:26:09

Em decisão unânime, o Fomc elevou o juro nos EUA em 25pb, para 5,5%. O comunicado indica ritmo moderado da atividade econômica e ganhos robustos do emprego, além de destacar que a inflação “segue elevada”. Um viés mais dovish pode ser visto na frase que projeta alívio para a atividade com as condições de crédito mais apertadas para famílias e empresas, nas contratações e na inflação.

Mas o texto diz que a extensão desses efeitos permanece incerta, afirmando que o Comitê continuará avaliando informações adicionais e suas implicações para a política monetária. Outro sinal positivo de suavização foi dado pela declaração de que o Fomc levará em conta o aperto cumulativo da política monetária e os atrasos com os quais a política monetária afeta a atividade econômica e a inflação.

Mas se surgirem riscos que impeçam o alcance da meta de inflação (2%), o Comitê deixa claro que pode “ajustar a orientação da política monetária conforme apropriado”.

Aparentemente, o Fed aposta que o que já fez deve se refletir na atividade e inflação, sugerindo uma pausa em setembro para ver os efeitos do aperto, mas não hesitou em avisar que se as coisas não correrem como o esperado, volta a subir o juro. Resta agora esperar pela entrevista de Powell, que começa daqui a pouquinho (15h30). (Rosa Riscala)

Veja Também