Europa

Europa sem agenda recua antes da inflação dos EUA; mineradoras caem

Atualizado 11/03/2024 às 07:07:22

https://www.bomdiamercado.com.br/wp-content/uploads/2024/01/zona-do-euro-comissao-europeia-europa.jpg

Os principais mercados europeus recuam, em dia sem balanços e indicadores relevantes, à espera da inflação americana ao consumidor de fevereiro, amanhã, que vai testar a convicção pós-payroll de que o Fed começará a cortar juros em junho. O Nasdaq futuro sugeria tentativa de recuperação após a realização, mas voltou a cair; os rendimentos dos Treasuries estão mistos, e o índice DXY ronda a estabilidade. O ouro segue em alta.

O petróleo reverteu o viés de queda da madrugada e sobe moderadamente; ainda assim, as petroleiras europeias caíam (-0,18% para a Total em Paris, menor perda, e -0,83% para a Repsol em Madri, a maior). Já as mineradoras de Londres tinham quedas mais expressivas (Rio Tinto -2,74%, BHP -2,30%, Glencore -1,66%), seguindo o recuo do minério de ferro.

Após a guinada à direita na eleição portuguesa, o índice PSI de Lisboa recua 0,32%. (Lucia Boldrini + agências)

Confira os índices às 7h03 👇

▪️Londres — FTSE100: -0,35%
▪️Frankfurt — DAX: -0,67%
▪️Paris — CAC 40: -0,37%
▪️Madrid — Ibex 35: -0,20%
▪️Europa — Stoxx 600: -0,43%

Veja Também