Giro dos Mercados

Dólar oscila e juros cedem com exterior aguardando o FOMC

Atualizado 26/07/2023 às 09:22:58

O dólar ganhou força ante o real e há pouco tentava uma alta a R$ 4,7514 (+0,03%) com melhora do desempenho da moeda no exterior ante pares e emergentes. O DXY cai 0,12% (101,232), após sinais contínuos de uma economia resiliente nos EUA em face da forte série de aumentos das taxas de juros ajudarem a elevar o índice do dólar de uma mínima de 15 meses de 99,549 alcançada uma semana atrás.

Nos dados mais recentes, a confiança do consumidor americano subiu para o maior nível em dois anos em julho, em meio a um mercado de trabalho persistentemente apertado e à inflação em queda. Mas o investidor está cauteloso diante da temporada de balanços e das decisões de juros globais, no aguardo hoje da coletiva de Jerome Powell, à tarde, após o Fed confirmar o amplamente esperado aumento de 25 pb nas taxas de juros americanas.

A dúvida é se o banco centra americano vai sinalizar as chances de outro aperto antes do fim do ano. Os juros futuros abriram em queda, enquanto os rendimentos dos Treasuries pouco se mexem. (Ana Katia)

Veja Também