Mercados

Dólar e juros cedem na abertura com exterior disposto ao risco, de olho no parecer da MP da subvenção

Atualizado 06/12/2023 às 09:42:15

[06/12/23] Da Redação do Bom Dia Mercado

O dólar cede na abertura com cenário externo subindo as apostas que os BCs preparam uma mudança de política global no sentido de cortes nas taxas. Há pouco a moeda caía a R$ 4,9165 (-0,18%), ajudando a puxar os juros mais longos, enquanto os mais curtos passaram a rondar o ajuste em meio à alta dos rendimentos dos Treasuries.

No exterior, o DXY é estável (+0,02%), mas perto de uma alta de duas semanas, aos 104,075 pontos, antes dos dados do ADP que antecedem o payroll de 6ªF, enquanto o euro cede 0,17% após as fracas encomendas às fábricas alemãs. O DXY subiu 0,6% este mês, depois de ter caído 3% em novembro, a sua queda mensal mais acentuada em um ano. Os dados recentes têm apontado para um abrandamento da economia dos EUA, embora os sinais ainda desenhem um provável pouso suave.  Aqui, o setor público consolidado registrou superávit primário de R$ 14,798 bilhões em outubro, ante consenso de R$ 17,2 bilhões.

Na Câmara, pode ser apresentado o parecer da MP da subvenção, às 11h, principal medida do pacote de Haddad, que limita a possibilidade de as empresas usarem benefícios fiscais recebidos pelos Estados para custeio. (Ana Katia)

Veja Também